sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

David (Paul) Yonggi Cho, audio, pregacao, Brasil 1987



David (Paul) Yonggi Cho é atualmente o pregador que possui a maior igreja do mundo, título que já leva a algumas décadas, sua igreja situada na Coréia que é de denominação assembleiâna e possiu atualmente mais de 300 mil membros, o polêmico pregador tem divérsos livros entre eles o famoso (e polêmico) "A quarta dimensão" que mostra de uma forma difrente sua visão de como ele usa sua fé, este livro e muitos outros tambêm se encontram aqui. Esta pregação foi no brasil em 1989 com tradutor, vale muito a pena, para os que não conhecem, os que conhecem e gostam e os que criticam precisam ouvir como prega este grande pregador homen de Deus.

DOWNLOAD AQUI

5 comentários:

ZAPPA disse...

Onde está na bíblia este diálogo mostrado na página 33 do livro A Quarta Dimensão: "Pai, as pessoas se rirão de mim. Em casa não temos nem sequer um gatinho, e tu dizes que vai trocar meu nome para pai de numerosas nações, e vais chamar a Sarai de princesa. O povo todo vai dizer que estou louco!."
- Abraão a janta está pronta.
-Querida Sara, já estou indo.
Por favor irmãos procurei mas nã encontrei, que faço?

Anônimo disse...

Amigo Zaapa,

entendo a sua pergunta,porem percebo um tom ironico nela..mas nada que nao podemos resolver .certo!
Veja bem , talves vc seja um bom estudioso das escrituras,porem se esqueceu de algumas ferramentas que a homiletica e a hermeneutica nos permite,O que vc observa no texto do autor nao esta na biblia,porem usamos este recursoi de liguagem que se chama CONJECTURA. ou seja podemos usar a conjecturação sem transgredir os principios biblicos, com o intuito de transmitir uma ideia,Sendo que o mesmo nao é absoluta e sim ficticia, somente pra criterio de entendimento da mensagem!

CAso tenha ajudado..ficarei feliz,.abraço!

Anônimo disse...

Parabéns amigo ZAAPA, muito bem colocada sua resposta e tbm seu tom de explicação, eu não teria tanta paciência....abraços

Anônimo disse...

Realmente e dificil de acreditar que um cristao possa fazer tal pergunta e muitas outras que temos vistos por ai. Nao podemos apenas nos limitar no texto, precisamos criar um dialogo, sem sair, claro, do contexto senao as pregacoes durariam apenas segundos. Que tal:
Glorioso Deus, abra os olhos desse povo, Senhor, que caiam as escamas da incredulidade do povo. A palavra do Senhor diz que o povo sofre por falta de conhecimento!
Edna

Anônimo disse...

4a Dimensao, resumo do que aprendi


A introdução do livro já começa te dando um choque muito grande porque quando se fala sobre um pais oriental, logo imaginamos “POBREZA”. Esta palavra soa como uma martelada na cabeça, um solavanco, uma batida forte e surda.

“Pobreza” = “Doença”. Doença grave, incurável. Morte.

Já nos primeiros parágrafos da primeira pagina, ainda na introdução, vemos ai um rapaz ainda jovem, condenado a morte devido a uma doença incurável. “TUBERCULOSE”.

Desde pequena eu sempre tive pavor dessa palavra, sentia arrepios so de ouvi-la. A meu ver e pior do que câncer.

Comecei a sentir pena do escritor mal sabendo eu o que viria nas paginas seguintes.

Virando a pagina, vejo Deus enviando um anjo para visitá-lo e ler a bíblia diariamente para este incrédulo que foi criado acreditando que Buda poderia lhe trazer tudo o que ele necessitasse, ou seja: saúde, riqueza, felicidade, etc. Desde pequenino ele cria neste ídolo, ele havia sido criado assim. E o anjo do Senhor, só posso interpretar dessa forma porque o autor diz que nunca soube o nome nem o paradeiro dessa pessoa, que era uma garota. Ela lia algumas passagens da bíblia para ele, confortava-o e orava por ele todos os dias, ou seja, entrava e saia de seu quartinho miserável, com cheiro de morte, e levava as palavras confortadoras do Nosso Bom Pastor o Senhor Jesus Cristo.

Mas o jovem relutava em aceitar o conteúdo da bíblia, nada ali parecia fazer sentido para ele.

Um dia, ele ficou nervoso com sua visita e as historias que ela lhe revelava sobre Jesus, o homem Deus que curava e que libertava; ele se sentiu muito mal porque o Deus da cura não o havia curado, então quase que estupidamente a repreendeu e ela, humildemente se ajoelhou e orou por ele. Naquele momento de oração e misericórdia, lagrimas começaram a rolar de seus olhos e foram descendo sobre suas faces.

Naquele exato momento aquele jovem foi tocado pelo amor do Espírito Santo e desejou ser cristão. Afinal, ele iria morrer mesmo, nao importava morrer cristao ao ser de Buda, nao faria diferenca.

Mas naquele momento, naquele precioso momento, o coração de Deus também se quebrantou e o Senhor entrou com sua providencia e o curou.

O que o deus em que ele cria durante toda a sua vida não fez por ele, Deus fez em fração de segundos. A partir daquele momento sua vida mudou completamente. A fe que esse rapaz demonstrou a partir da quarta pagina do livro ate a ultima, realmente move montanhas. Jamais havia lido um livro em que o autor exibe tamanha fe em Deus e no seu poder. Tudo o que ele pediu a Deus, ele teve porque ele pediu com fe. Ele tinha intimidade com o Senhor.

E o melhor de tudo e que ele nos ensina como ter essa fe, gerando, incubando e crescendo dentro de nos.

O apostolo Paulo nos diz em Romanos 4.17 que: o Deus que da vida aos mortos e chama a existência coisas que não existem, como se existissem.

O autor do livro de Hebreus nos diz no capitulo 11 versículo 1 que a fe e a certeza daquilo que esperamos. Mais adiante no versículo 6 ele diz que sem fe e impossível agradar a Deus. Claro que já sabemos de tudo isso mas o autor nos da uma dimensão exata de como exercitar a nossa fe.

E e essa fe que eu quero pra mim.

Sem fe e impossível agradar a Deus.





Edna Mayo

 
Clicky Web Analytics